Como prevenir piolhos em crianças- Dicas importantes

Os piolhos são uma verdadeira praga, e mesmo com todos os cuidados todos e em alguma altura da vida o seu filho vai apanhar piolhos. Algumas crianças têm mais tendência para apanhar piolhos e, muitas vezes, não é uma questão de falta de higiene.

A verdade é que difusão dos piolhos nada tem a ver com a higiene pessoal dos mais pequenos.

A prevenção é muito importante, ter alguns cuidados diários e semanais com produtos próprios podem ajudar. Hoje deixamos aqui algumas receitas para prevenir piolhos.

Como prevenir piolhos em crianças

Evitar o contato entre as cabeças

Os piolhos são pequenos bichinhos que habitam na cabeça, um dos principias problemas é que eles saltam e rapidamente passam de cabeça para cabeça.

Advertisement

É importante é que as crianças não juntem as cabeças para evitar que passem umas pelas outras.

Verificar diariamente

Quando tratados logo no início é mais fácil acabar com os piolhos. Verifique a cabeça do seu filho com frequência, de preferência diariamente.

Não partilhar objetos utilizados na cabeça

Converse com o seu filho e explique a importância de não partilhar objetos como presilhas de cabelo, escovas, chapéus e toalhas.

Perfume seus cabelos

Os piolhos não gostam de perfume. Para reduzir a probabilidade de propagação de piolhos coloque um pouco de perfume, de preferências aqueles sprays com perfume que ajudam a desembaçar o cabelo.

Advertisement

Cabelo preso

As meninas com os cabelos longos são aquelas que mais sofrem se apanharem o cabelo. Os piolhos e lêndeas propagam-se com muita facilidade e os cabelos longos exigem mais champô e tratamento.

Se tem uma menina de cabelo longo o ideal é prender os cabelos em um rabo de cavalo, ou até mesmo em um coque.

Champô preventivo

No mercado existem champôs preventivos que devem ser usados uma vez por semana. O ideal é fazer esta prevenção, especialmente, quando houver um surto.

Advertisement
Advertisement
Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.