Grávida pode comer carne de porco: sim ou não?

Uma gravidez traz novas perspetivas na vida de uma mulher. O seu corpo torna a casa de um novo ser e todos os comportamentos influenciam o crescimento do bebê. Uma das maiores dúvidas das grávidas é se podem ou não comer carne de porco.

Apesar de a gravidez ser algo natural, é importante que durante este período a gravida tenha alguns cuidados com a sua alimentação.

É importante ter uma alimentação equilibrada e saudável, será que o porco deve estar nas suas ementas. É um mito ou uma realidade?

Grávida pode comer carne de porco?

A carne de porco é um pouco controvérsia. A gestante deve seguir as recomendações médicas, deve ter uma alimentação cuidada e equilibrada e pode incluir a carne de porco.

No entanto, é importante ter alguns cuidados. A carne de porco tem partes com excesso de gordura que deve ser evitada.

A carne de porco deve ser sempre muito bem cozinhada para evitar a transmissão de parasitas. Deve ainda optar por cortes finos e sem gordura.

Mas o ponto mais importante é o consumo da carne de porco sempre bem passada. A carne de porco pode transmitir doenças como: Neurocisticercose, Hepatite E, Salmonela, Listeriose ou Toxoplasmose.

Grávida e a carne de Porco

Se gosta de comer carne de porco e está grávida, é importante ter alguns cuidados e algumas moderações.

O primeiro ponto é comprar a carne num local de confiança e que cumpra as regras de higiene.

Outro ponto importante na hora de preparar a sua carne de porco e mante-la na geladeira até à hora de a confecionar. Deve ser descongelada na geladeira para evitar problemas.

Antes de cozinhar, armazenar ou preparar a carne do porco deve lavar muito bem as mãos, a bancada da cozinha e a faca que vai usar. Deve ainda higienizar muito bem a tábua

Como preparar a carne de porco na gravidez

Na realidade deve ter este cuidado sempre que preparar a carne de porco, grávida ou não.

Antes de temperar coloque na carne e suco de limão fresco ou vinagre, estes agem como agentes ácidos e bactericidas, eliminando a maioria das bactérias. Depois pode preparar e temperar a sua carne a gosto.

O grande problema do consumo da carne de porco é a sua confeção, a carne deve ser consumida sempre bem passada.

Siga sempre as recomendações do seu médico.

Advertisement
Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.