Primeiro Réveillon do bebê: dicas, cuidados e ideias para celebrar

O primeiro Réveillon do bebê será uma data especial e que ficará guardada na memória de toda a família. Afinal, é também a primeira passagem de ano da família com o novo membro.

Para que esta data fique ainda mais especial, recomenda-se algumas dicas e cuidados que podem fazer toda a diferença na hora de comemorar o Ano Novo.

Lembre-se que nesta altura as pessoas costumam soltar fogos de artifício, tem muita música, dança e, em alguns casos, bebida. Portanto, prevenir é a melhor solução!

Quais os cuidados básicos no primeiro Réveillon do bebê

Dependendo de quantos meses tem a criança, ela ainda não estará acostumada com barulhos e estímulos; o seu corpinho ainda será muito frágil (pode cansar de ficar no colo o tempo todo) e a sua imunidade ainda estará em desenvolvimento.

Inclusive, a Sociedade Brasileira de Pediatria alerta sobre dar beijos em recém-nascido, uma vez que pode transmitir vírus, bactérias e fungos. Portanto, além dos cuidados básicos para garantir o bem-estar e saúde do seu bebê, tenha atenção especiais a estes pontos no primeiro Réveillon do bebê:

1. Qual o melhor local?

O primeiro ponto a ser considerado é: se for sair de casa, vá com antecedência para evitar os congestionamentos! Um estresse a menos para ter que se preocupar. O mais indicado para o primeiro Réveillon do bebê é estar em casa – na sua, dos seus familiares ou amigos. Desta forma você conseguirá organizar um cômodo que seja silencioso para deixá-lo descansar e, na altura dos fogos, abafar os sons.

Entretanto, se esta não é a sua realidade, tente estar em um local afastado da multidão, para não sofrer nenhum tipo de acidente como esbarrões e cotoveladas, pois elas podem acontecer. Se for o caso, fique dentro do carro no momento da passagem para ajudar a tranquilizar o bebê, quando os ruídos e vibrações dos fogos começarem. Inclusive, você pode providenciar abafadores de ruídos próprios para recém-nascidos ou bebês.

2. Bebê deve ficar dormindo ou acordado?

Apesar de ser uma data especial e que você deseja passar ao lado do seu filho, não o force a ficar acordado ou dormindo. Siga a rotina do bebê normalmente, para que ele não fique agitado ou irritado com a situação. Caso queira deixá-lo descansar, mas os ruídos da casa não permitem, existem algumas estratégias que podem ser adotadas, como por exemplo:

Ligar o ventilador (não posicione-o em cima do bebê) para que esse ruído abafe os da comemorações;
Colocar algum tipo de música que ajude a acalmá-lo;
Utilizar o método do ruído branco para ajudá-lo a dormir e camuflar os outros sons do ambiente*.

Caso não conheça ou não tenha aparelhos que emitem ruído branco, você pode baixar um aplicativo no seu celular para deixar tocando. Basta pesquisar por Ruído Branco ou White Noise na loja de aplicativos do seu celular (existem diversas versões gratuitas), tal como o Sound Sleeper – Ruído Branco disponível para os sistemas iOS e Android.

3. Como posso monitorá-lo?

Uma sugestão interessante para o primeiro Réveillon do bebê é ter uma babá eletrônica. Dessa forma você poderá deixá-lo, por algum tempo (quando estiver dormindo), dentro do quarto ou qualquer outro cômodo silencioso.

Caso ele acorde ou chore, você conseguirá identificar prontamente. Afinal de contas, com todo o ruído das pessoas que estarão com você nesta comemoração de fim de ano, fica complicado escutar o choro do bebê.

4. Quais as dicas de segurança e o que devo evitar?

O que todos mais desejam é que o primeiro Réveillon do bebê seja especial e marcado com muitas recordações positivas. Para que seja possível é preciso ter atenção a alguns detalhes como:

Não fique próximo do local em que os fogos serão disparados. Mantenha uma distância de segurança, caso aconteça algum incidente;

Evite permanecer em varandas e bancadas de apartamentos. Pode acontecer um disparo errado e este atingir o prédio em questão;

Lembre-se que os bebês não ficam “aguados” e, portanto, não há a necessidade que eles experimentem comidas e bebidas da festa;

No caso da criança ficar agitada, tente amamentá-la. Este ato conforta e transmite a sensação de proteção à criança.

Ideias para registrar o primeiro Réveillon do bebê

Agora que você já sabe quais os cuidados e as melhores dicas para cuidar do seu bebê, seja ele recém-nascido ou não, está na hora de se inspirar com algumas ideias criativas para registrar o primeiro Réveillon do bebê. Veja as fotos:

Pinterest.

Advertisement
Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.