Gripe em bebê: saiba como tratar e veja dicas de prevenção

A gripe e o resfriado são doenças virais que acometem todas as pessoas, várias vezes durante a vida. Nem mesmo os bebês escapam, mas se os pais souberem lidar com a gripe em bebê de forma tranquila e eficiente, em alguns dias a doença vai embora e o bebê vai desenvolver anticorpos para se proteger melhor da próxima vez.

Mesmo assim, durante os dias em que a doença está ativa no organismo, o bebê vai sofrer um pouquinho com dificuldade para respirar, vai ficar chatinho e talvez não vá querer comer com a mesma frequência porque terá o apetite reduzido, é normal.

Então, veja dicas do que fazer para amenizar os sintomas de gripe e resfriado em bebê, além de saber como prevenir essas doenças o máximo de vezes possível.

Como tratar sintomas de resfriado e gripe em bebê

Os sintomas são: nariz entupido, tosse seca, dor de garganta e febre. Como consequência, dificuldade para dormir, falta de apetite, desânimo. É assim que os bebês e as crianças ficam quando são afetados pelos vírus Influenza da gripe e do resfriado.

Você já está bem treinado para essas doenças e os sintomas, mas mesmo assim, quando se trata do seu pequeno e frágil filhote, o medo de errar faz ter dúvidas sobre como tratar dos sintomas da gripe e deixar seu bebê mais confortável. Veja o que pode fazer:

Xarope de cenoura

Você pode preparar um xarope de cenoura para o seu bebê porque é uma rica fonte de vitamina sem o ácido das frutas cítricas e com um sabor adocicado agradável.

Para essa receitinha caseira, rale 1 cenoura e coloque dentro de um frasco de vidro pequeno esterilizado. Polvilhe por cima da cenoura ½ colher de sobremesa de açúcar e tampe o frasco, não precisa misturar.

Deixe o xarope na geladeira até perceber que a cenoura liberou bastante suco. Oferece pequenas porções desse suco ao bebê algumas vezes por dia. Se preferir, pode trocar o açúcar por mel, mas só após os 12 meses por causa do risco de botulismo.

Suco de laranja com acerola

Assim como a cenoura, essas duas frutas também são riquíssimas fontes de vitamina C que vai ajudar a fortalecer o sistema imunológico do seu bebê. Se não quiser fazer o xarope, essa opção também é uma boa para bebês a partir dos 6 meses.

Faça o suco com as frutas frescas e maduras na proporção de 4 acerolas para 1 laranja.

Faça de pouco em pouco para que o bebê tome sempre bem fresquinho, acabado de preparar.

Ofereça o suco ao longo do dia, mas também ofereça água filtrada pura.

Amamentação

Se a necessidade for de tratar gripe em bebê de 2 meses até os 6 meses, a amamentação é o melhor remédio.

Ela vai manter o bebê nutrido e ele vai engolir o excesso de secreção ao mamar, ajudando a respirar melhor de forma natural. Pode oferecer o peito ao bebê mais vezes ao dia do que o normal, até porque a tendência é que ele mame por menos tempo a cada vez.

Nebulização

Para qualquer criança (e também para adultos) a nebulização é um grande alívio. Se não tiver acesso a um aparelho nebulizador, pode fazer o vapor de água de forma caseira. Para os bebês, a melhor opção é tomarem um banho morno no banheiro fechado com vapor do chuveiro no colo dos pais.

Como prevenir gripe em bebê

O vírus da gripe e do resfriado é o mesmo da temida gripe H1N1, o vírus Influenza. Os bebês, idosos e pessoas com doenças fazem parte do grupo de risco porque seu organismo é mais frágil, contudo, não quer dizer que os bebês saudáveis terão qualquer complicação de saúde ao contrair esse vírus.

Mesmo assim, para prevenir os incômodos normais da gripe, os pais podem vacinar seus bebês a partir dos 6 meses de vida em uma unidade de saúde pública, uma vez ao ano. Além desse cuidado, as orientações do Ministério da Saúde para prevenção da gripe em bebês são as seguintes:

Manter suas mãos e as do bebê sempre limpas;

Evitar levar o bebê a lugares com aglomero de pessoas, especialmente nos meses mais frios;

Manter uma alimentação bem saudável e balanceada para o bebê e toda a família;

Beber bastante água e chá sem açúcar ao longo do dia.

Os pais não precisam ficar tão preocupados em manter o bebê longe de tudo e todos por medo de contaminação. A gripe vai aparecer cedo ou tarde e o bebê precisa ter contato com esses vírus para desenvolver imunidade. Então, o mais importante é manter a higiene básica e uma nutrição de alta qualidade para que o seu bebê consiga passar pela doença sem sintomas muito fortes nem complicações. Qualquer dúvida, seu pediatra é a pessoa mais confiável para orientar.

Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.