Viajar grávida: cuidados a ter e exigências a cumprir para uma viagem tranquila

Viajar grávida não precisa ser um problema, embora seja necessário fazer determinadas adaptações e tomar cuidados especiais para proteger a mãe e o bebê. Esses cuidados e adaptações aumentam conforme a evolução da gestação, já que quanto mais próxima a data do parto, mais frágil fica a mulher.

Para as mamães de primeira viagem é muito importante saber que para fazer viagens de avião e de navio, por exemplo, é preciso antes ler as regras de cada empresa. Você sabia que se estiver nas últimas semanas de gestação não pode simplesmente comprar uma passagem de longa distância e embarcar no voo sozinha?

Então atualize-se com as dicas a seguir e garanta sua viagem cheia de paz e tranquilidade, seja por terra, ar ou mar.

Viajar grávida: exigências e políticas das companhias

Veja quais são as políticas das companhias aéreas brasileiras e também das organizadoras de cruzeiros para fazer viagens de avião ou de navio.

Exigências para viajar grávida de avião

No Brasil, a maior parte das companhias não têm exigências a cumprir quanto às gestantes com até 27 semanas. Porém, companhias como Azul e Latam exigem atestado médico a partir desse período gestacional.

CONTINUAR A LER