Sono infantil: 5 dicas para seu filho dormir bem a noite inteira

Ter uma rotina de descanso desajustada pode prejudicar o rendimento das crianças na escola, em outras atividades do dia e, inclusive, seus hábitos de sono por muitos anos.

O sono infantil passa por um período de regulação durante seus primeiros 5 anos de vida, então é nessa fase que os pais devem aproveitar para criar bons hábitos relacionados aos momentos de descanso de seus filhos.

Alguns pais reclamam que seus pequenos acordam muitas vezes durante a noite, demoram muito para pegar no sono ou sofrem com um sono agitado. Tudo isso pode ser explicado, entre outros fatores, por causa da falta dos cuidados necessários com o sono da criança.

Sono Infantil

Claro, existem outros fatores que podem apresentar o sono agitado como um dos sintomas, como algum problema de saúde, seja físico ou emocional. Então, na dúvida, nada melhor do que conversar com o pediatra. Mas se a saúde do seu filho está bem, talvez o problema esteja na falta de rotina e bons hábitos.

Quando começar a cuidar do sono infantil?

Não é preciso esperar que o filho cresça um pouquinho para começar a botar regras no sono dele. Os pais não podem sentir pena de criar uma rotina para seus bebês por acharem que eles merecem dormir no colo e ficar pertinho a noite toda.

A questão não é essa, mas sim, a preocupação em garantir que seu filho terá boas noites de sono, sem dificuldade, desde sempre.

Em um artigo publicado pela Sociedade de Pediatria São Paulo, o Dr. Tadeu Fernando Fernandes, relator do artigo, comenta sobre um estudo realizado pela especialista em sono, Dra. Jacqueline Henderson, da Nova Zelândia.

A pesquisa, realizada com 75 recém-nascidos ao longo do seu primeiro ano de vida, mostrou que se os pais adotarem bons hábitos de sono precocemente com seus bebês, quase metade deles irá dormir a noite inteira cerca de dois ou três meses após o nascimento.

Isso responde a pergunta que muitos pais fazem ao pediatra logo no primeiro mês de vida dos seus filhos, que é quando os bebês começam a dormir a noite toda. A verdade é que desde a segunda semana de vida os pais já podem começar a criar uma rotina de sono infantil que vai beneficiar todos em casa com uma criança mais equilibrada, descansada, atenta e saudável.

Sono da criança: 5 dicas para criar uma rotina do sono saudável

Por motivos diversos, muitos pais deixam seus filhos pequenos acompanharem a rotina dos adolescentes adultos da casa, indo dormir a hora que quiserem, achando que eles vão dormir melhor quando não aguentarem mais ficarem acordados.

As consequências dessa atitude vão além de um sono desregulado, pois acabam deixando a criança mais irritada, desmotivada, sem energia e sem atenção nas atividades. Então, veja algumas recomendações dos profissionais sobre como criar uma rotina saudável para o sono infantil

  1. Os pais devem fazer uma higiene do sono

A chamada higiene do sono consiste em “limpar” do ambiente todos os estímulos negativos que podem atrapalhar o sono da criança. Não só do ambiente, mas de tudo o que acontece quando está perto da hora de ir dormir.

Para os bebês, por exemplo, essa higiene consiste em ter um horário certo para mamar antes de ir dormir, não deixar o bebê pegar no sono mamando, não o acostumar a ser ninado para dormir e preparar o ambiente do quarto com o clima, o som e a iluminação ideal.

Para os mais velhos, a partir do segundo ou terceiro ano de vida, essa higiene também consiste em ter horário para parar de brincar, largar os equipamentos eletrônicos, comer e sair da frente da televisão.

Veja outras dicas que podem ser aplicadas para melhorar o sono das crianças e ajudá-las a dormir como anjinhos a noite inteira:

  1. Horário de ir para a cama

Toda criança deve ter um horário determinado para ir dormir, todos os dias. De preferência, que seja logo depois de anoitecer, pois é quando o relógio biológico aciona a liberação de estimulantes naturais do sono.

  1. Preparar o ambiente para dormir

É importante que a criança crie uma conexão com o ambiente do quarto na hora de dormir. Os pais podem deixar o quarto sempre com uma iluminação suave, uma musiquinha tranquila para estimular o sono infantil e uma temperatura agradável.

A repetição dessas atitudes durante um mês vai fazer a criança sentir sono quando entrar nesse ambiente.

  1. Organizar os demais horários e atividades

A rotina completa da criança tem influência nos seus hábitos de sono. Para conseguir dormir ao anoitecer, é importante que ela já tenha, horas antes, se alimentado, tomado um banho gostoso, colocado o pijama e feito todas as tarefas que precisava.

Esse deve ser um momento preparatório para o descanso.

  1. Acostumar a criança a dormir sozinha

Os pais devem evitar fazer a criança dormir em um lugar que ela quer, como no colo ou na cama deles, e depois levá-la para a cama ou o berço. Além de acordar assustada, não irá criar um vínculo entre o próprio quarto e o momento de dormir.

A criança deve ser colocada na cama ainda acordada, consciente de que aquele é o ritual.

Advertisement
Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.