O que é a síndrome dos avós escravos e suas consequências

A síndrome dos avós escravos é uma doença que se caracteriza pelo abuso dos filhos que fazem seus pais (avós) cuidarem dos seus filhos (netos), mesmo sem terem a obrigação.

Na real, os avós cuidam dos seus netos, na maioria das vezes, com muito gosto. Porém, alguns filhos sabendo da boa vontade dos seus pais, acabam explorando ao máximo. Em alguns casos, inclusive, abrem mão da criação e sustento das suas crianças.

Essa transferência de responsabilidade tornam os pais mais livres; em contrapartida, há a síndrome dos avós escravos, que assumem essas responsabilidades, até a exaustão.

Século XXI e a síndrome dos avós escravos

Pode-se dizer que as famílias – atualmente – assumiram formas e papeis diferentes daquelas em que os avós vivenciaram durante a criação dos seus filhos. Pode-se afirmar ainda que os avós estão cada vez mais “jovens”, não apenas em questões de idade, mas sim de condicionamento físico. Ou seja, tem mais recursos, disponibilidade e disposição para estarem com seus netos.

Mas, que a verdade seja dita: a relação entre avós e netos não difere das épocas passadas e continua a ser carregada de muitos sentimentos! Afinal, é comum que eles esperem pelos netinhos, para curtirem aquilo que não puderam aproveitar, enquanto tinham filhos.

CONTINUAR A LER