quarta-feira , fevereiro 1 2023
queimaduras criancas

Bebês até 1 ano têm 10 vezes mais chances de sofrer queimaduras

Infelizmente o número de crianças que morrem ou são internadas com queimaduras ainda é muito elevado.. Alguns fatores contribuem para que as crianças se tornem vítimas mais frágeis, como uma camada de gordura na pele menor, a pele é mais fina e os órgãos são mais próximos.

Advertisement

Além de o tratamento de queimaduras ser longo e doloroso as sequelas físicas e mentais podem durar por toda a vida.

Muitas vezes associamos a queimaduras ao fogo, mas a maioria dos acidentes acontece com bebidas extremamente quentes.

Como prevenir queimaduras em crianças

Evite que a criança fique na cozinha, principalmente, se o forno ou fogão estiverem ligados. Dê preferência pelas bocas de trás do fogão e com o cabo das panelas virados para dentro;

Os produtos químicos, como álcool, itens de higiene e produtos de limpeza em geral, devem ser mantidos longe do alcance das crianças;

Os pais devem estar atentos à temperatura da água do banho dos pequenos. A temperatura indicada é de 37 graus. Teste a água da banheira com a mão. Se o chuveiro for do tipo que mistura água fria e quente, um adulto precisa regular antes de a criança tomar banho;

Álcool e outros combustíveis como: gasolina e querosene, não devem ser guardados em casa. Isso porque eles inflamam facilmente na presença de chamas ou faíscas, o que pode proporcionar queimaduras graves;

Crianças jamais podem manipular fogos de artifício;

Ponha protetores de tomadas e substitua os fios desencapados;

Evite ligar muitos aparelhos eletrônicos na mesma tomada;

Não permita que as crianças brinquem com pipas perto de fios da rede elétrica;

Para evitar queimaduras do sol, evite que a criança se exponha entre as 10 h e 16 h e use protetor solar mesmo nos dias nublados;

Não deixe as crianças ficar perto de velas acesas e evite que as velas fiquem próximas de cortinas e lençóis. Quando sair de casa, apague todas as velas.

Primeiros socorros no caso de queimaduras em crianças

Se seu filho se queimar, não passe nada no local afetado. Manteiga, pasta de dentes, pomadas, clara de ovos ou outras receitas caseiras podem prejudicar ainda mais a queimadura.

Se a queimadura for de 1° grau que é a pele avermelhada, lave a região com água fria. No caso de queimaduras de 2° e 3° graus, onde há formação de bolhas e os tecidos mais profundos da pele são atingidos, o médico deve ser procurado imediatamente.

Se o fogo atingir as roupas da criança, ela deve se deitar no chão e rolar. Quem estiver por perto deve cobri-la com um lençol ou pano molhado e levá-la rapidamente para o hospital.

Não estoure as bolhas, pois, pode causar infeção.

Se suspeitar que o pequeno ingeriu alguma substância corrosiva como baterias, pilhas ou soda cáustica leve-o imediatamente para o hospital. Em caso de ingestão de alguma substância corrosiva, o rosto e a boca devem ser lavados com água fria. Mantenha a criança em jejum, não dê nem água e não faça a criança vomitar até ela ser examinada por um médico.

Bebês de até 1 ano têm 10 vezes mais chances de sofrer queimaduras

De acordo com uma pesquisa publicada no periódico científico Archives os Diseases in Childhood, as principais vítimas de queimaduras são os bebês de até 1 ano de idade.

Os pesquisadores da Cardiff University, no Reino Unido, analisaram 1.200 indivíduos menores de 16 anos que sofreram queimaduras e foram atendidos nas emergências do país.

Os cientistas concluíram que na faixa de 1 ano, o risco de se queimar é 10 vezes maior do que em outras fases da vida. Como o bebê fica no colo dos pais quando eles vão à cozinha, pode acontecer de a criança esbarrar na panela quente ou no fogão acesso.

Criança sofre queimaduras graves com café quente

Laura Jakes que é de Stretham, Cambs, Inglaterra, nunca vai se esquecer dos gritos do filho depois que ele se queimou acidentalmente com uma jarra de café quente. Nas redes sociais ela compartilhou fotos do seu filho com ferimentos graves para alertar os pais sobre os perigos de deixar bebidas quentes por perto.

De acordo com Laura, neste dia, Arthur de 3 anos estava brincando no jardim com a irmã mais velha Polly de 5 anos. Quando Laura foi ao banheiro, o pequeno entrou na cozinha e subiu na mesa, onde estava a cafeteira com café quente. Ela disse: “Eu ouvi o grito, algo do que nunca me esquecerei”.

Ela correu com ele e o jogou em baixo da água fria da torneira do jardim. Isso aconteceu na Inglaterra. “Ele estava gritando e toda vez que a mãe o tocava um pouco da sua pele saia”. A criança foi levada às pressas para o hospital, deram ao menino anestésico e ele foi sedado. Em seguida ele foi levado para a unidade especializada em queimaduras no Hospital Broomfield Chelmsford, Essex. A criança ficou internada por 10 dias e foram feitos três enxertos de pele separados.

Um mês após o acidente, o menino ficou bem e já iniciou a pré-escola. Agora a família está ao lado da organização Children’s Burns Trust para falar da conscientização do perigo das queimaduras.

Advertisement

AUTOR: Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.

VEJA TAMBÉM:

economizar nas fraldas

Dicas de mãe para Economizar nas Fraldas

As fraldas descartáveis são uma inovação que veio facilitar muito a vida das mães, mas …