fbpx
Home / Papo de Mãe / Pais de menina gastam 30% mais dinheiro
pais menina gastam mais dinheiro

Pais de menina gastam 30% mais dinheiro

O mundo cor de rosa é um mundo maravilhoso, há tantas coisas lindas para comprar. Lacinhos, sapatinhos, fitinhas, vestidinhos qualquer mãe fica completamente fascinada com tantas opções.

O problema destas fofuras é o preço. Segundo um estudo os pais de menina gastam até 30% mais do que os pais de menino.

Se em bebê a oferta e enorme os gastos à medida que crescem também são mais elevados, pois são contabilizados gastos com roupas, cabelo e unhas, e outros itens de beleza.

Pais de menina gastam 30% mais dinheiro do que pais de menino

O estudo foi realizado pela Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros). Foram analisados dados a 15 mil pais de crianças entre os sete e os 12 anos nos últimos anos.

A conclusão foi que os pais com meninas têm um gasto muito superior aos pais com meninos.

A razão para esta disparidade de valores deve-se ao fato de existir uma maior variedade de opções de produtos voltados para as meninas.

Enquanto a opção de roupa dos meninos resume-se a calças, bermudas, camisetas e camisas, as meninas têm uma maior variedade de opções e a juntar à roupa existem uma grande variedade de acessórios como brincos, laços, bandoletes, colares, …

O estudo revela ainda que muitos destinados a meninas, como roupas e brinquedos, são mais caros do que os direcionados aos meninos.

Gastos aumentam com a idade

Quando os bebês são pequeninos a tentação é muita, mas as escolhas são feitas pelos pais e é mais simples controlar os gastos consoante o orçamento e as possibilidades da família.

Entre os 9 e 12 anos as meninas começam a mudar os seus interesses. A pressão para os padrões de beleza, o interesse em maquiagens, cremes, e perfumes e a pressão por marcas e influências sociais fazem muitas adolescentes quererem mais produtos e de marca.

Nesta fase é importante estabelecer limites. Criar crianças e adolescentes com consciência financeira é importante para criar adultos financeiramente estáveis.

Um dos problemas atuais da sociedade são as crianças não aceitarem as suas limitações e pior ainda os pais que se endividam para dar tudo aos seus filhos.

Os filhos podem participar na hora de escolher os produtos, mas a última palavra deve ser sempre dos pais, os adultos responsáveis sem pressões e sem ameaças.

Ensine os seus filhos a agradecer aquilo que tem independentemente de ser melhor ou pior do que os amigos. Mais vale umas frustrações na infância do que criar adultos financeiramente instáveis.

Actualizado em:

AUTOR: Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.

VEJA TAMBÉM:

cuidar netos

Cuidar dos netos é a cura para evitar a demência

Durante muitos anos os avós tomavam conta dos netos enquanto os pais trabalhavam, infelizmente, com …