Menino ou Menina? Aquecimento Global influenciará no sexo dos bebês

A verdade é que o mundo que nos rodeia influencia o funcionamento do nosso organismo de diferentes formas. Mas será que tem alguma influência no sexo dos bebês que vão nascer?

Alguns estudos indicam que o aquecimento global pode influenciar a fertilidade de uma forma cresceste-

O aumento da temperatura do planeta pode aumentar o número de bebês do sexo masculino. Compreenda a razão.

Aquecimento global provoca o aumento do número de meninos.

A explicação deste fenómeno é bastante simples e baseado em fatos científicos.

Um estudo revelado pelo Samuli Helle, do Departamento de Biologia da Universidade de Turku, na Finlândia. Segundo este estudo as temperaturas mais altas podem fazer nascer mais meninos.

O estudo analisou os dados dos últimos anos em que é notório o aumento da temperatura global.

Por cada 1 grau Celsius houve um aumento de 0,06% na proporção de meninos recém-nascidos em comparação com meninas. Quando maior a temperatura global maior o aumento dos nascimentos de meninos.

Influência do calor na Gestação

Este é um estudo apoiado na análise dos dados dos nascimentos nos últimos anos, altura em que o aquecimento global é mais notório.

Mas qual a explicação para o calor ocasionado pelo aquecimento global alterar as características da gestação.

Desastres ambientais provocam o aumento do número de meninas

Em oposição a este estudo, o Doutor Misao Fukuda, do Instituto de Saúde M&K da cidade de Hyogo, no Japão, conclui num estudo que nove meses após desastres como tsunamis e terramotos, é possível observar um aumento dos nascimentos de meninas, um aumento que varia de 6% a 14% em relação ao nascimento de bebês do sexo masculino.

Dada a disparidade destes estudos parece que a concepção de meninas ou de meninas continua a ser uma incerteza. Menina ou menino o importante é nasça saudável e seja muito feliz.

Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.