quarta-feira , fevereiro 1 2023
livros sobre paternidade

15 Livros sobre paternidade que vão te ajudar nessa nova missão

Os livros sobre paternidade são muito importantes para os pais de primeira viagem.

Advertisement

Essas publicações podem ser encontradas com histórias fictícias ou reais, que podem ser engraçadas ou conterem experiências de novos pais. Ou seja, os livros sobre paternidade estão disponíveis para todos os tipos de pais.

O papel do homem na criação dos filhos é cada vez mais ativo no que diz respeito aos cuidados das crianças e ao apoio à mãe no período de amamentação. O que faz mudar, inclusive, a visão corporativa, no qual diversas empresas já estão aumentando a duração da licença paternidade, que hoje é de apenas cinco dias.

As melhores indicações de livros sobre paternidade

A discussão sobre a paternidade também passa pela masculinidade. A nova geração de pais é mais sensível, aberta e revê constantemente conceitos “pré-estabelecidos”. Portanto, para melhorar ainda mais essa experiência de se tornar um pai, que tal essas sugestões de leitura que são bem interessantes?

Não era você que eu esperava (Editora Nemo), de Fabien Toulmé

Esse livro foi escrito pelo cartunista francês Fabien Toulmé. Quando ele e sua mulher descobriram que a filha tinha síndrome de Down, a vida da família mudou radicalmente. A experiência descrita pelo autor como “uma tempestade inesperada, um furacão”, é contada com emoção e carinho neste livro autobiográfico.

Do seu pai (Editora Zouk), de Pedro Fonseca

Este autor tem quatro filhos e partilhou entre os anos de 2013 e 2016, sua experiência como pai em blog. As mensagens são como cartas que os seus filhos poderão ler quando crescerem. Já o seu livro, Do seu pai, reúne os relatos focados no nascimento de um pai.

O papai é pop (Editora Belas-Letras), de Marcos Piangers

O livro escrito pelo jornalista Marcos Piangers é um dos exemplos mais notáveis da nova geração de pais. Publicado em 2015, o livro é considerado um best-seller, que divide suas experiências na criação das filhas Anita de 14 anos e Aurora de 7 anos.

O autor do livro O papai é pop disse em uma entrevista que o que está acontecendo é uma tendência muito bonita do homem gostando de ser pai. E que, naturalmente, vem ocupando um espaço que antes era somente das mulheres.

Bebegrafia (Editora Timos), de Rodrigo Bueno e Victor Farat

Essa publicação reúne a experiência de dois cartunistas durante o primeiro ano de idade de seus filhos. O livro traz ilustrações, com bom humor, das descobertas e reflexões sobre essa época intensa. Os relatos são reais e reforçam os desafios e conquistas do dia a dia, como pais, sem julgamentos.

Na minha pele (editora Objetiva), de Lázaro Ramos

Esse livro do ator Lázaro Ramos revela muita coisa sobre a sua vida, desde relatos sobre a sua infância e juventude, até breves trechos com temáticas como discriminação racial, gênero, paternidade, família e masculinidade.

Como nascem os pais (Editora Mescla), de Renato Kauffman

Lançado em 2011, esse livro reúne crônicas engraçadas e reflexivas sobre sua participação no cotidiano dos dois primeiros anos da filha.

Pai de menina (Editora Academia), de Marcos Mion

O ator e apresentador tem 3 filhos, entre eles está Donatella, de 6 anos. Neste livro, Marcos encoraja os pais a mergulharem no universo feminino, sem preconceitos, e a estarem sempre presentes na vida das suas filhas.

Abrace seu filho (Editora Belas-Letras), de Thiago Queiroz

A mensagem principal desse livro é: “Todas as vezes que você abraça seu filho, você se cura um pouco. Todas as vezes que você abraça seu filho, você é abraçado de volta”. Ele conta que esse livro é o que ele gostaria de ter lido, quando descobriu que seria pai. Além do livro, Thiago também é autor do blog Paizinho, Vírgula.

Opções divertida de livros sobre paternidade

Também há opções de livros para os novos papais que são divertidos e leves. Veja:

Manual de instruções do bebê (Editora Gutenberg), por Henk Hanssen;

Diário de um grávido (Editora Mescla), por Renato Kaufmann;

Manual do homem para sobreviver à gravidez (Editora Gente), por Michael Crider;

Manual do pai solteiro (Editora Best seller), por Aggeo Simões;

As 500 melhores coisas de ser pai (Editora Matrix), por Sérgio Franco;

Pai (Editora Globo), por Guto Lins;

Sou pai, e agora? (Editora Best Seller), por Gugu Liberato.

Esses são apenas alguns livros sobre paternidade que falam da emocionante fase de se tornar pai. Se você vai ser pai ou já é, busque ler esses livros, assim poderá cuidar dos seus filhos da melhor forma possível. Lembre-se que cuidar de uma criança não é só responsabilidade da mãe, pois, o pai é muito importante na vida do filho.

Advertisement

AUTOR: Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.

VEJA TAMBÉM:

podcast maternidade

Podcasts sobre infância: 5 programas que pais e mães vão adorar ouvir

Com tantas coisas para fazer ao mesmo tempo, quem tem filho pequeno precisa de uma …