Gravidez Passo a Passo – 0 a 4 semanas

Quando a mulher fica grávida, ocorrem muitas mudanças no seu corpo, afinal de contas está crescendo um bebê dentro dela. Uma gestante não é uma mulher doente, no entanto, ela precisa ter cuidados redobrados no início da gravidez, por que até os três meses, ela corre o risco de perder o bebê.

Ao descobrir a gravidez, a primeira coisa que a mulher deve fazer é procurar um médico para realizar os exames indicados e iniciar o pré-natal.

Muitas mulheres só percebem que estão grávidas depois do primeiro mês de gravidez, mas isso é muito perigoso, já que o início da gestação é um período crítico, no qual pode ocorrer o aborto natural, por isso, todas aas mulheres devem estar muito atentas aos sinais do seu corpo.

Gravidez passo a passo – 0 a 4 semanas

0 semana: Ovulação – O corpo feminino se prepara para a gravidez. Em mais um ciclo menstrual, o corpo da mulher se prepara para uma gravidez, um de seus óvulos amadurece e é lançado no tubo uterino que liga o ovário ao útero. O óvulo maduro tem duração de 12 a 24 horas. Se o óvulo não for fecundado, morre e é removido na menstruação do próximo mês.

1ª semana: Fecundação do ovo – Um dia depois da fertilização, os núcleos do ovo e do espermatozoide juntam-se e dão origem a um feto, o sexo do bebê já está definido. Os espermatozoides sobem pela trompa de falópio para alcançar o óvulo maduro, é nesse momento que o espermatozoide penetra o óvulo. No final desta semana, a mulher está oficialmente grávida.

2ª semana: O conjunto de células se transforma em embrião – As células da cabeça e da cauda fundem-se completamente e o cérebro do bebê inicia a formação. No final desta semana, o conjunto de células com a informação genética dos pais com diferentes funções entre si, se fixa na parede uterina e se transforma em embrião. Cerca de um dia depois da fecundação o óvulo se divide e subdivide transformando-se  em um conjunto de células que na segunda semana se transforma em embrião.

3ª semana: Especialização celular – O embrião continua o seu desenvolvimento. Ao longo das primeiras semanas as células do embrião vão se especializando e diferenciando entre si para dar origem aos diferentes tecidos e órgãos do corpo do bebê.

O corpo da mulher continua criando as condições para o desenvolvimento da placenta, a cavidade amniótica, o saco vitelino primitivo e o tampão mucoso. A produção da progesterona está a todo vapor.

4ª semana: O saco gestacional já é visível através de uma ecografia – Esse é um momento crítico no desenvolvimento do feto. O embrião tem a forma de um disco com cerca de 0,3 mm. Muitos embriões não sobrevivem nesse período por causa de defeitos graves nos cromossomos.

Advertisement
Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.