Furar a orelha do bebê: sim ou não?

Furar ou não a orelha do bebê é um dilema enfrentado pela maioria dos pais. Alguns pais preferem furar as orelhas logo após o nascimento, outros acham que deve ser a criança a decidir quando tiver a idade.

Como tudo relacionado com a maternidade não há um consenso e a decisão final é sempre dos pais.

Porém, antes de tomar esse tipo de decisão é importante estar por dentro de todos os detalhes para tomar a melhor decisão!

É seguro furar a orelha do bebê?

A maioria das maternidades facultava este serviço e as crianças saiam da maternidade com as orelhas furadas. Porém, essa técnica acabou em alguns lugaresdevido aos altos índices de infecção hospitalar. Hoje em dia, a principal dúvida dos pais é se é seguro ou se pode causar algum problema mais grave furando a orelha muito cedo.

Não existe um problema ou riscos, desde que sejam tomados os devidos cuidados, desde a higienização da orelha, assim como do aparelho e brinco a ser utilizado. Além disso, quando realizado o procedimento correto, e da forma certa, o bebê não sente dor.

CONTINUAR A LER