Pode fazer progressiva durante a gravidez?

A gravidez é um momento muito especial para a mulher.  A principal preocupação dele passa a ser com o seu filho, que deve se desenvolver de forma saudável.

O corpo começa a sofrer modificações, e ao longo dos nove meses de gestação é importante tratar-se e sentir-se bonita. Uma questão que surge muito é se a gestante pode fazer a escova progressiva.

Fazer progressiva durante a gravidez é o que muitas mulheres querem e perguntam aos seus médicos se isso é prejudicial ou não para a sua gestação.

Fazer escova progressiva durante a gravidez

A verdade é que apesar de ser algo natural, a gravidez implica alguns cuidados com a saúde, alimentação e também com os hábitos de beleza.

Muitas questionam-se se podem continuar a fazer escova progressiva durante o período de gestação. No entanto, isso não é possível, principalmente no início da gravidez, ou seja, nos três primeiros meses, quando é preciso ter muitos cuidados com os bebês.

A escova progressiva pode ser muito prejudicial. Ela possui altos níveis de formol. Por isso, evite essa escova a todo custo. O formol em contato com as raízes do cabelo pode trazer problemas no desenvolvimento do feto.

Alternativas à escova progressiva

Para quem não passa sem este processo de beleza, existem alternativas bem naturais.

Os processos feitos com queratina hidratam e nutrem profundamente os fios, mas às vezes não é indicado continuar com eles.

Se a queratina usada não conter nenhum produto químico prejudicial, é possível continuar os procedimentos. Porém fique atenta para que durante o processo não seja usado o formol e nem outras substâncias que possam prejudicar o bebê.

Razão porque o formol é proibido durante a gravidez

O formol é um produto químico que pode causar câncer, por isso, proibido para as futuras mamães.

A maioria dos tratamentos de alisamento e nutrição do cabelo contém formol.

Durante a gravidez o mais indicado é evitar qualquer procedimento que não seja de extrema importância e os tratamentos de beleza não são tão importantes assim.

Em relação à escova progressiva a mesma coisa acontece. A gestante deve evitar esse procedimento porque a maioria dos produtos usados possui formol, uma substância que é prejudicial para o desenvolvimento do bebê e também para a saúde da mãe.

É um produto muito tóxico, capaz de comprometer o sistema respiratório, os olhos e o bem-estar em geral.

Durante a gravidez, as mulheres devem evitar permanentes, tinturas e alisamentos.

Você pode optar por outras opções, como o uso de pigmentos naturais ou à base de plantas, que não possuem produtos químicos tóxicos.

As cabeleiras podem recomendar as melhores soluções para si e para os seus cabelos.

As gestantes devem ter cuidado com as tinturas

Os obstetras recomendam para suas pacientes que elas não usem tinturas normais, algumas tinturas possuem componentes químicos como, por exemplo, a anilina, que podem afetar o desenvolvimento do bebê.

Também pode acontecer que alguma alergia a determinados produtos químicos apareça durante o tempo de gravidez. Então você deve ter muita atenção e consultar o seu médico e o seu cabeleireiro.

Cuidados com os cabelos durante a gravidez

Durante a gravidez e a lactação, o cabelo cresce mais do que o normal. Isso acontece porque os hormônios estrogênio e a progesterona estimulam o seu crescimento durante a gravidez.

Uma vez que o corpo retorna aos níveis normais, o cabelo recebe o descanso de que precisa. Essa fase em geral termina 12 semanas após o parto ou no final da fase de lactação.

Logo depois de o bebê nascer, o excesso de cabelo cai e os fios recuperam a sua aparência original, de maneira que o cabelo volta a ter o volume e a espessura que tinha antes. Por isso, é preciso cuidar dos cabelos antes, durante e depois da gravidez. Não se esqueça de lavá-lo com xampu e em seguida, usar o condicionador.

Portanto, cuide dos seus cabelos durante a sua gravidez, mas evite a todo custo as escovas, não importa qual seja e as tinturas.