O Que é Bom para Soltar o Intestino do Bebé

Um dos problemas mais comuns durante os primeiros meses do bebé são as cólicas e o intestino preso.

Na fase inicial da sua vida, o bebé tem ainda um intestino frágil, sendo por isso normal surgirem vários problemas, que causam desconforto e choro.

Se o seu bebé tem muitas cólicas ou dificuldade em evacuar, então há um conjunto de dicas que o ajudarão a soltar o seu intestino, aliviando o seu desconforto.

O que fazer para soltar o intestino do bebé ?

É importante perceber quando o bebé chora por ter o intestino preso. Ele ainda não consegue comunicar e dizer aos seus pais qual a razão do seu desconforto.

Assim, se o bebé fizer muita força ao evacuar e chorar bastante nesse processo, ou se tiver o seu abdómen distendido. Isso significa muito provavelmente que ele tem o intestino preso.

Existem medicamentos apropriados para bebés que ajudam a resolver o problema, contudo, sem uma alimentação adequada, os problemas estarão sempre a aparecer.

Confira de seguida o que é bom para soltar o intestino do bebé.

Regularizar o intestino preso com uma alimentação adequada

No organismo humano, o trânsito intestinal é regulado pelas fibras naturais, existentes nas plantas, mas também, na própria flora intestinal, constituído por bactérias.

Para ajudar a regularizar o intestino, é assim importante ingerir regularmente alimentos ricos em fibras.

Como exemplos temos a ameixa preta, o mamão, couve, brócolos, vagens, quiabo, aveia, farelo de trigo, entre muitos outros.

Se o bebé já tem uma alimentação variada, geralmente a partir dos 4 meses, pode já usufruir de uma alimentação rica em fibras para ajudar a soltar o intestino.

A partir desta idade pode até consumir sucos laxativos apropriados para crianças.

Uma excelente receita é misturar muito bem numa liquidificadora ameixa preta, mamão, laranja lima e farinha de linhaça.

Se o bebé, além de ter o intestino preso, tem também muitos gases e cólicas, então deverá evitar alimentos que causem flatulência, como o feijão, a lentilha, a ervilha e o grão-de-bico.

Os alimentos ricos em açúcar refinado devem também ser retirados da dieta da criança.

Este nutriente irá fermentar no intestino, formando assim mais gases.

Advertisement
Emilly Cavalcanti

Enfermeira pós graduada em UTI Pediátrica e Neonatal Grupo Ama consultoria: Qualificação e Habilitação de Cateter de Picc em Neonatologia, Pediatria e Geriatria. APAE-SP Capacitação Profissional do teste do Pezinho SBP- Sociedade Brasileira de Pediatria: Reanimação Neonatal.