Como Saber se Estou Grávida

Quando uma mulher tem relações sexuais sem proteção, seja propositadamente para tentar engravidar, seja devido a um descuido, fica sempre depois na dúvida se estará grávida ou não.

Quando uma mulher engravida, há um conjunto de sintomas e sinais que podem revelar o início da gravidez.

Neste artigo poderá conhecer as várias manifestações que ocorrem quando uma mulher fica grávida.

Sintomas de uma gravidez

Depois de ocorrer a fecundação do óvulo e a formação do ovo, o corpo da mulher começa a sofrer algumas alterações, de modo a preparar-se para o desenvolvimento do novo bebé.

Estas alterações revelam na maioria das vezes a existência de uma gravidez.

Se teve relações sexuais desprotegidas e está a sentir algum destes sintomas, as probabilidades de estar grávida é grande.

Nesse caso, deverá fazer um teste de gravidez, e se o resultado for positivo, deve então confirmar a gestação com um teste de dosagem do BhCG sanguíneo, no seu obstetra.

De seguida conheça os vários sintomas indicativos de uma gravidez.

Um dos sintomas principais é a ausência da menstruação.

Com o início da gravidez, a menstruação é interrompida durante os 9 meses da gestação. Contudo, é importante ter em conta a regularidade do seu período.

Se costuma ser irregular, este sintoma pode não ser exato.

Durante os primeiros meses de uma gravidez, é também normal a grávida ter vontade de urinar com maior frequência.

Com o início da gravidez, os seios começam a aumentar de tamanho e a ficar mais consistentes.

Além disso, a mulher sente os seios mais tensos e sensíveis, e nalguns casos, pode mesmo sentir alguma dor. Também os mamilos ficam maiores, e as auréolas mais escuras.

– Outro sintoma clássico são os enjoos e vómitos, especialmente de manhã.

Os enjoos matinais são muito comuns nas grávidas durante os três primeiros meses, sendo mais intensos a partir da sexta semana.

Também nesta fase começam a ocorrer desejos alimentares, provocadas pelas alterações hormonais na mulher.

Se está a sentir-se mais cansado do que o habitual, e acha que não fez nada para sentir tanta fadiga, então este pode ser igualmente um sinal de gravidez.

Nos primeiros tempos após a fecundação o organismo da mulher sofre muitas alterações, alterações essas que consomem muita energia, causando o cansaço.

Com a gravidez há maior ocorrência de redução da pressão sanguínea ou do nível de açúcar no sangue. Isto provoca por vezes tonturas, ou até mesmo desmaios.

Advertisement
Emilly Cavalcanti

Enfermeira pós graduada em UTI Pediátrica e Neonatal Grupo Ama consultoria: Qualificação e Habilitação de Cateter de Picc em Neonatologia, Pediatria e Geriatria. APAE-SP Capacitação Profissional do teste do Pezinho SBP- Sociedade Brasileira de Pediatria: Reanimação Neonatal.