Chupar dedo: quais as consequências e como acabar com esse hábito

Os bebês adquirem o hábito de chupar dedo desde o útero. Em diversos exames de ultrassom é possível ver os pequeninos com o dedinho na boca. Depois do nascimento ele permanece, e até esse momento está tudo certo, pois o costume de chupar dedo ajuda a fortalecer a musculatura da boca para a sucção do leite da mãe.

Mas passa a ser um problema quando a arcada dentária começa a se preparar para o nascimento dos dentes.

Por que as crianças gostam de chupar dedo?

De acordo com os fonoaudiólogos, além do fator instintivo já mencionado, as crianças continuam chupando dedo na infância, geralmente, porque encontram nesse hábito o conforto que traz calma e segurança.

Pode ser uma forma de lidar com novas emoções ou transições que esteja vivendo, bem como pode ser apenas um ritual para conseguir dormir.

Então, o costume de ficar com o dedo na boca pode ser trabalhado de modo a ajudar a criança a lidar com determinados sentimentos ou, então, podem ser aplicadas técnicas para que substitua esse ritual por outro que não seja nocivo.

CONTINUAR A LER