Advertisement

Bebé Que Mexe Pouco é Normal?

Quando o feto se torna suficientemente grande, a mãe começa a sentir os seus movimentos dentro da barriga. No início ainda poucos e leves, com o tempo, estes tornam-se muito frequentes e mais fortes.

Os movimentos de um bebé tornam-se momentos de felicidade para a mãe, ajudando ainda a sentir-se mais segura sobre a saúde do seu filho.

Advertisement

Contudo, cada criança é única, não havendo assim uma norma na quantidade de vezes que ele se mexe.

Enquanto há algumas que se mexem mais, há outras mais calmas, que se mexem bem menos.

Advertisement

Se o seu bebé se mexe pouco, e você não sabe se é normal, então este artigo foi feito a pensar em si. Confira!

Quantos chutos deve uma grávida sentir por dia?

Como referimos em cima, cada bebé é único, tendo um padrão próprio de atividade e de sono. Dessa forma, não existe um número certo de chutos que uma grávida deve sentir por dia.

Advertisement

Contudo, cada bebé possui um determinado padrão, que você poderá conhecer a partir do momento em que começa a sentir os seus movimentos.

Observe a frequência dos chutos do bebé das horas mais ativas do dia, durante algumas semanas.

Advertisement

Esse padrão será muito semelhante no tempo restante da gestação.

Se o seu bebé se mexe pouco, mas sempre de acordo com o padrão que revelou desde que começou a sentir os seus movimentos, então não tem que se preocupar.

Advertisement

Contudo, se notou alguma alteração no padrão de movimentos, e começou a sentir que o seu bebé se mexe menos, então deverá consultar o seu médico obstetra o mais rapidamente possível.

O que fazer caso não sinta o seu bebé mexer-se

Por vezes, pode acontecer a dada altura o bebé sair do seu padrão normal, deixando a gestante preocupada.

Advertisement

Nesses casos, há várias coisas que pode fazer para estimular o movimento do bebé, e dessa forma, ficar mais tranquila.

Confira de seguida algumas dicas para fazer o seu bebé mexer-se:

Advertisement
  • faça sons inesperados ou coloque música alta;
  • deite-se de lado, com uma almofada debaixo da barriga, e mantenha-se nessa posição algum tempo;
  • beba qualquer coisa muito fria, já que a mudança de temperatura poderá fazer com que o bebé tente mudar de posição para “fugir” ao frio;
  • coma uma peça de chocolate, pois irá dar um aumento de energia ao bebé, fazendo-o o mexer, geralmente ao fim de meia hora.

Caso nenhum destes truques funcione, deverá dirigir-se imediatamente ao hospital, pois algo pode estar errado com o seu bebé.

Advertisement
Advertisement
Emilly Cavalcanti

Enfermeira pós graduada em UTI Pediátrica e Neonatal Grupo Ama consultoria: Qualificação e Habilitação de Cateter de Picc em Neonatologia, Pediatria e Geriatria. APAE-SP Capacitação Profissional do teste do Pezinho SBP- Sociedade Brasileira de Pediatria: Reanimação Neonatal.