quarta-feira , fevereiro 1 2023
ansiedade na gravidez eleva risco de parto prematuro

Segundo estudo, a Ansiedade na gravidez eleva risco de parto prematuro

A ansiedade é uma doença muitas vezes desvalorizada, mas que afeta cada vez mais pessoas. Felizmente, são cada vez mais as pessoas que procuram ajuda profissional. Foi elaborado em estudo que avaliou os riscos da ansiedade durante a gravidez.

Advertisement

Para quem sofre de ansiedade é importante seguir todas as recomendações do médico que a assiste.

Confira aqui os resultados de estudo.

Ansiedade na gravidez eleva risco de parto prematuro

O estudo foi realizado pela Associação Americana de Psicologia (American Psychological Association) e publicado no jornal Health Psychology.

Estudo incidiu numa amostra de 200 mulheres e avaliou os riscos de ansiedade na gravidez. O estudo revelou que a ansiedade durante a gravidez aumenta o risco de parto prematuro.

O maior risco de parto prematuro ocorreu entre as mulheres que sofriam de ansiedade ligada à gestação na reta final. O risco aumentou consideravelmente no terceiro trimestre da gravidez.

Advertisement

AUTOR: Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.

VEJA TAMBÉM:

primeiros sintomas de gravidez

Primeiros sintomas de Gravidez- Quando o corpo começa a dar sinais?

A gravidez é o maior sonho de muitas mulheres, mas também o pesadelo de muitas …