quarta-feira , fevereiro 1 2023
animacoes infantis que ajudam a lidar com a perda

5 Animações infantis que ajudam a lidar com a perda

Que tal uma lista de animações infantis para assistir em família? Melhor ainda quando abordam questões sociais que são difíceis de serem tratadas, dependendo da idade dos filhos (as).

Advertisement

As crianças são sempre curiosas e cheias de dúvidas, inclusive sobre assuntos que vão demorar alguns anos para compreender de verdade. Questões mais complexas, como falar sobre o que acontece com as pessoas e animais que morrem, são algumas das mais importantes para dar atenção quando uma criança questiona, em especial quando ela está vivendo um momento de perda.

A forma que o adultos recebem esses questionamentos e lidam com ele fazem toda diferença no impacto positivo que a criança pode ter ao falar sobre morte e perda. Inclusive, um impacto que vai influenciar no seu jeito de lidar com esse tema ao longo da vida.

Então, uma das dicas que certamente irá ajudar é utilizar filmes e animações infantis que abordam o tema para que a criança compreenda o que puder, do jeito que conseguir, com o máximo de naturalidade possível. Veja as dicas.

Filmes e animações infantis que ajudam a lidar com a perda e a morte

Cada família irá transmitir às suas crianças o significado da perda e da morte conforme a cultura que segue. Mas, segundo as orientações dos psicólogos infantis, o importante é que um momento delicado como esse seja respeitado e vivido por completo, sem bloqueios.

Os adultos devem se preparar para responder todas as dúvidas que a criança tiver sobre o assunto. Se ela não quiser falar a respeito, pode ser influenciada por meio de filmes e desenhos que tragam o assunto de forma empática e sensível, porém, natural. Afinal de contas, o morte é tão natural quanto o nascimento e todas as fases da vida.

Então, veja alguns filmes e desenhos que podem servir de ajuda para abordar o tema com os pequenos.

Bambi

filmes lidar com perda bambi

Desde 1942 esse clássico da Disney vem encantando crianças e adultos com uma linda história cheia de sensibilidade.

No filme, Bambi faz amizade com Thumper, o coelho brincalhão, e Flor, um gambá tímido. Ele também é guiado por seu sábio amigo, a coruja, que o ensina sobre o valor do amor, sobre a perda de entes queridos e sobre a maturidade.

Up, Altas Aventuras

filmes lidar com perda up

Lançado em 2009, essa é uma das animações infantis para ajudar a lidar com o tema. Ela conta a história de Carl Fredricksen, um vendedor de balões de 78 anos que está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie.

Depois de um incidente, Carl é considerado uma ameaça pública e forçado a ser internado. Porém, para evitar que isso aconteça, ele enche de balões sobre sua casa, fazendo com que ela levante voo.

A ideia de Carl é viajar com sua casa para uma floresta na América do Sul, onde sempre desejou morar com sua esposa. O filme aborda a perda e o poder das recordações para manter as pessoas queridas sempre por perto.

Procurando Nemo

filmes lidar com perda procura nemo

Lançado em 2003, esse também é um clássico popular e que certamente irá ajudar toda a família a entender que não se pode prender alguém por medo de deixá-lo seguir o próprio caminho ou medo que se machuque.

O filme conta a história de Marlin, um peixe palhaço que superprotege seu filho Nemo depois que uma tragédia levou a vida de sua esposa e seus outros filhos.

No primeiro dia de escola, para mostrar sua coragem aos novos colegas, Nemo acaba caindo nas redes de um mergulhador que o leva para um tanque de peixes. Marlin sai em busca do filho junto com Dory, um peixe com amnésia.

Irmão Urso

filmes lidar com perda kenai

Para esta lista de animações infantis também tem a produção de 2003, na qual os pequenos serão instigados a entender que o sentimento de vingança não vale a pena quando está sentido a dor da perda e que tudo o que acontece na vida tem duas ou mais perspetivas para pensar.

O filme conta a história de Kenai, um jovem índio que culpa um urso pela morte do seu irmão. Ele resolve, então, perseguir o animal para matá-lo e vingar a morte do irmão, mas, ao fazê-lo, é surpreendido pelas forças mágicas da natureza o transformam em um urso.

Para deixar a situação ainda pior, seu outro irmão, Denahi, jura matar o urso que Kenai se tornou, sem saber que se trata do irmão.

Então, Kenai precisa chegar a uma montanha mágica, onde ele acredita que pode ser transformado de volta em um ser humano. Para essa aventura, ele pede ajuda a Koda, um verdadeiro filhote de urso que vira seu grande amigo.

A Casa dos Pequenos Cubos

filmes lidar com perda casa pequenos cubos

Esse curta metragem que não chega a 13 minutos é uma premiada animação japonesa sem diálogos que, inclusive, ganhou o Oscar de melhor animação em 2009.

Ele conta a história de um senhor com idade avançada que mora em uma cidade ao nível do mar. Acontece que o nível da água vai subindo com o passar do tempo e, para não sair da casa, o idoso tem que ergue-la cada vez mais, tijolo por tijolo.

O filme traz uma metáfora sobre a perda, mostrando como as pessoas se isolam do mundo e se recusam a buscar coisas novas quando não conseguem lidar com um sentimento como o da perda. É uma oportunidade para os pais abordarem o tema falando que a vida continua, sempre levando as boas memórias no coração.

Advertisement

AUTOR: Luana Araujo Silva

Resindência em Enfermagem Neonatal pela Universidade Estadual de Londrina/PR com amplo campo de atuação: Maternidade de Baixo Risco, Maternidade de Alto Risco, Unidade de Cuidados Intermediários e Intensivos Neonatal, Recepção do Recém nascido termo e pré termo na sala de parto. Segmento ambulatorial do recém nascido pré termo Habilitada para inserção e manutenção de Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP/PICC), com auxilio de ultrassom e Inserção de Cateter Umbilical Arterial e Venoso. Também possui ampla bagagem na áreade aleitamento materno em recém-nascidos a termo e pré-termo.

VEJA TAMBÉM:

podcast maternidade

Podcasts sobre infância: 5 programas que pais e mães vão adorar ouvir

Com tantas coisas para fazer ao mesmo tempo, quem tem filho pequeno precisa de uma …