Útero baixo na gravidez

O útero baixo da gravidez, também denominado de prolapso uterino, é um problema de saúde que se caracteriza pela descida do útero pelo interior do canal vaginal.

Este problema surge devido ao enfraquecimento dos músculos da pelve que mantêm todos os órgãos do sistema reprodutor feminino na sua posição correta. Apesar de poder ocorrer antes da menopausa, o útero baixo da gravidez é mais comum em idades mais avançadas.

Neste artigo poderá conhecer os sintomas e causas do útero baixo da gravidez, bem como o tratamento mais adequado.

utero-baixo

Sintomas do útero baixo da gravidez

Consoante a gravidade deste problema de saúde, podem ocorrer mais ou menos sintomas.

Quando esta situação é pouco grave, muitas vezes nem aparecem quaisquer sintomas.

Os sintomas do útero baixo da gravidez incluem:

– incontinência urinária;
– dificuldade em evacuar;
– corrimento vaginal;
– dor na zona inferior da pelve;
– sensação de ter algo a sair pela vagina;
– dor durante as relações sexuais.

Causas do útero baixo na gravidez

Como referimos em cima, a causa para o útero baixo na gravidez é o enfraquecimento muscular da pelve. Contudo, há vários fatores que podem contribuir para o aparecimento deste problema. Estes incluem:

– sequelas derivadas de infeções na pelve;
– obesidade;
– partos múltiplos;
– menopausa;
– levantamento excessivo de pesos.

Há ainda outros fatores que podem aumentar a pressão na pelve e na zona abdominal, podendo por isso contribuir para o aparecimento do útero baixo na gravidez. Estes incluem tumores pélvicos, tosse crónica, acumulação de líquido da região abdominal ou a constipação intestinal.

Tratamento para o útero baixo na gravidez

Quando o útero baixo na gravidez tem uma gravidade não considerada alta, o tratamento pode consistir no fortalecimento dos músculos pélvicos com os exercícios de Kegel.

Outro tratamento não invasivo que pode ser o efeito pretendo é o uso de anéis com hormonas ou a utilização de cremes na vagina, de modo a restaurar o tecido vaginal.

Quando o útero baixo na gravidez é grave, o único tratamento possível é a cirurgia.