Gestograma

Um Gestograma é um disco gestacional ou calendário gestacional que os médicos e enfermeiros utilizam para determinar a DPP (data prevista para o parto). Os gestogramas são uma ferramenta muito útil para os profissionais de saúde.

Para além das informações mais básicas o gestograma indica ainda as semanas gestacionais, o peso, a altura e contrações uterinas indicadas para cada etapa de gestação.

O que é um gestograma?

Apesar de ser uma ferramenta ao dispor dos profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros, com a era da informática já encontra disponível na internet uma série de gestogramas que pode consultar facilmente.

Apesar de conseguir consultar várias informações, deve sempre seguir os conselhos e recomendações do médico que acompanha a sua gravidez, nem sempre um valor alterado ou diferente é sinal que algo está errado. Em caso de dúvida consulte sempre o seu médico.

Como funciona o Gestograma

Se utilizar uma versão online apenas necessita de inserir os dados que a ferramenta calcula automaticamente.

No caso de usar um dispositivo o sistema é muito simples, pode usar de duas maneiras dependendo se sabe ao certo quantas semanas tem a sua gestação ou então se não souber.

No caso de não saber deve colocar a seta pequena que indica o início de gestação no dia em que teve seu último período. Depois roda a roda maior até as 40 semanas, neste caso o gestograma vai indicar a data provável de parto.

Se já sabe quantas semanas tem a sua gestação basta girar a roda de forma a colocar na semana em que se encontra e ver as informações referentes a essa semana.

O gestograma é um dispositivo bastante completo ele indica várias informações como:

  • Data prevista para o parto (numa gravidez normal de 40 semanas)
  • A semana em que se encontra a gravidez ( a partir do ultimo dia da ultima menstruação ou a  partir da data indicada por exame de sangue ou eco)
  • Qual o peso médio do bebé na semana em que se encontra
  • A medida do bebé
  • A medida do fémur

As medidas indicadas num gestograma são medidas de referência, são confiáveis e comprovadas. Indicam os valores médios podendo os resultados ser inferiores ou superiores mesmo sem qualquer complicação na gravidez.

Eles são apenas um ponto de partida para verificar se a gravidez corre dentro da normalidade, só o médico pode avaliar se os valores estão fora do considerado normal e se são necessários exames para avaliar a existência de algum problema.