Exames Pré-Natais

A gravidez deve ser acompanhar por um médico especialista. Mesmo antes de engravidar a futura mamã deve consultar o seu médico e fazer os exames recomendados. Os exames não se destinam apenas à mamã mas também ao papá.

Ao longo da gravidez a grávida faz uma série de exames para ver se a gravidez está a correr de forma saudável. A maioria dos exames são comuns a todas as grávidas, em alguns casos o médico pode pedir alguns exames complementares.

Como são os exames pré-natais?

Devem começar o mais cedo possível e continuar até ao final da gravidez. Estes exames permitem encontrar e prevenir, o mais rapidamente possível, eventuais problemas.

Exame físico

Os exames físicos permitem verificar o coração e os pulmões, a tensão arterial, e verificar o peso e a altura.

Análise à urina

Os exames servem para medir os níveis de glicose e infeções, para despistar diabetes.

Análises ao sangue

Servem para medir os níveis de hemoglobina, para verificar se há risco de anemia, verificar a existência de imunidade contra a rubéola e hepatite ou outra doença.

Exames que as grávidas fazem

#1

Rastreio combinado do 1º trimestre

Entre a 11ª e a 14ª semana de gestação

Ultrassonografia da transluscência nucal e exame de sangue

O rastreio combinado do primeiro trimestre da gravidez consiste na análise do resultado dos 2 exames. Os resultados conjugados com a idade materna, permitem calcular o risco de o bebé ser portador de anomalias genéticas – Trissomia 21 (Síndrome de Down), Trissomia 18 (Síndrome de Edwards) e Trissomia 13 (Síndrome de Patau). O médico verifica ainda a existência do osso nasal, da tranlucência da nuca e os batimentos cardíacos.

#2

Ultrassonografia morfológica/ Ecografia

Entre a 20ª e a 22ª semana de gestação

Nesta eco é medido o peso e são analisados os órgãos do bebê, na maioria dos casos é possível saber o sexo do bebe.

#3

Exame aos diabetes gestacional

Entre a 24ª e a 28ª semana de gestação

O exame é conhecido como curva de tolerância glicêmica ou teste oral de tolerância à glicose. Um exame doloroso ( pelo líquido ser enjoativo) e longo. A gestante bebe um copo de glicose e depois é submetida a coletas de sangue: em jejum, após 1 horas, após 2 horas. Permitir detetar o desenvolvimento da diabetes gestacional.

#4

Triagem de estreptococo beta-hemolítico

Entre a 34ª e a 37ª semana de gestação

Conhecido como o exame do cotonete, consiste numa amostra T secreção vaginal e retal para rastreio de uma eventual infeção causada pela bactéria estreptococo do grupo B. Esta infeção pode passar para o bebê durante o nascimento. Se for positivo é necessário administrar antibiótico antes do parto

#5

Ultrassonografia do terceiro semestre/ Eco

Ecografia que verifica o tamanho, o peso e a posição do feto. Avalia ainda a maturidade da placenta e a quantidade de líquido amniótico