Desejos de Grávida

Os desejos durante a gravidez são muitas vezes considerados simples caprichos das mulheres. No entanto, e apesar de naturalmente a futura mamã poder aproveitar-se um pouco disso, na realidade há um fundamental científico para os desejos de grávida.

Neste artigo iremos explicar porque é que surgem estes desejos.

A maioria dos desejos alimentares de uma grávida são provocados pelas alterações hormonais que ocorrem durante a gestação. As mesmas alterações que causam os enjoos, podem também depois mudar o apetite e o nível de pH na boca.

Este facto vai também alterar o gosto dos alimentos da grávida, levando a que haja alimentos que deixe de gostar, e outros que passe a saber-lhe bem. Daí muitas vezes o desejo por alimentos mais exóticos ou estranhos.

Também o facto da alimentação da grávida ser agora dividida entre dois organismos, pode levar a esses desejos.

Se a alimentação durante a gravidez não for a mais adequada, pode levar a carências nutricionais, que provocam um apetite maior por alimentos que possam equilibrar a falta de determinados nutrientes.

Por fim, o fator psicológico é também um aspeto importante a ter em conta. Com os níveis de hormonas totalmente alterado, também o sistema nervoso da mulher está mais sensível, o que leva muitas vezes a necessitar de maior atenção.

Nestes casos, mesmo que não haja influência das causas referidas atrás, esses desejos aparecem como uma forma de ter a atenção de quem está à sua volta.

Se está grávida, e tem desejos constantemente, tente descobrir qual a razão. Se a causa for carências nutricionais, será uma boa ideia consultar o seu médico obstetra para definir uma dieta mais completa para si e para o seu filho.

Se o problema for falta de carinho, procure que o seu companheiro a apoie mais.

Nem sempre comer é a solução, já que apesar de a grávida ter de engordar, esse aumento não deve ultrapassar os 12 kg.

Por isso, na altura de decidir se quer ceder ou não a esse desejo, pense se esse alimento é saudável para si e para o bebé.