Teste do Coraçãozinho

Quando um bebê nasce é necessário fazer vários exames para saber se ele está bem de saúde. Todos os testes são essenciais para descobrir possíveis problemas na criança, entre os quais estão os testes do pezinho e do coraçãozinho.

O que é o teste do coraçãozinho?

O teste do coraçãozinho, também chamado de oximetria de pulso, é realizado nos bebês recém-nascidos para verificar as condições do coração e diagnosticar doenças, para que possam ser tratadas a tempo.

O teste do coraçãozinho pode descobrir as mais diversas enfermidades no bebê, como: defeitos e buracos nas válvulas do coração, que podem causar deficiência mental, fibrose cística e anemia falciforme; mau funcionamento dos sistemas respiratório e digestivo; hipotireodismo congênito que causa atraso no desenvolvimento cerebral do bebê, entre outras.

O teste do coraçãozinho diminui a mortalidade infantil, pois ele diagnostica as doenças ainda no início da vida, e assim elas podem ser tratadas e curadas.

Como é feito o teste do coraçãozinho?

O teste do coraçãozinho é um exame rápido feito ainda no hospital, ele leva 5 minutos, é simples e não causa dor no bebê. Ele é realizado com uma pulseira, chamada oxímetro, com esse aparelho é medido o nível de concentração de oxigênio, que deve ser igual ou superior a 95% no sangue, desta maneira é possível ver se a criança tem algum problema no coração ou se ela é completamente saudável.

O procedimento é feito da seguinte forma: na mão direita do bebê é enrolado um sensor macio e depois em volta do pé. A luz do aparelho percorre toda a pele do recém-nascido, e assim faz a medição.

O teste deve ser feito no bebê recém-nascido, após completar 24 horas de nascido, o importante é que esse teste deve ser feito antes do bebê completar 48 horas de nascido.

O SUS realiza o teste do coraçãozinho?

Desde 2014, o exame de oximetria de pulso, conhecido como teste do coraçãozinho, é realizado de forma gratuita em toda a rede de hospitais do Brasil. Ele é oferecido como parte da triagem neonatal do SUS (Sistema único de Saúde), a decisão foi do Ministério da saúde, pois esse exame é essencial para detectar doenças no coração do bebê.

Através do SUS é possível fazer não só o teste do coraçãozinho, como também os testes da orelhinha e do pezinho.

O teste do coraçãozinho identifica precocemente doenças do coração, e no caso de ser diagnosticado algum problema, o bebê passa por um exame chamado ecocardiograma para confirmar o diagnóstico, em seguida os médicos começam a tratar o problema.

Compartilhar ;)

Teste do Coraçãozinho