Pressão baixa na gravidez

A pressão baixa na gravidez é um problema que pode causar, entre outros sintomas, desmaios e quedas. É muito importante que a grávida controle regularmente a sua tensão, especialmente, se tiver antecedentes ou sentir alguns sintomas que possam indicar algum problema.

O principal problema da pressão baixa na gravidez é a possibilidade de acontecer uma queda que pode prejudicar a mulher e o bebé.

Considera-se hipotensão arterial, chamada popularmente de pressão baixa, a diminuição da pressão com que o sangue passa pelas artérias cujos valores sejam iguais ou inferiores a 9 por 6.

A pressão baixa na gravidez é normal devido às alterações hormonais e funcionais do organismo, principalmente, porque o organismo necessita de uma maior quantidade de circulação de sangue.

Para evitar episódios de pressão baixa na gravidez deve beber bastante líquidos, evitar bebidas como álcool, bebidas com gás e café, evitar locais muitos abafados e quentes e ter cuidado para não haver uma mudança repentina de posição, por exemplo, levantar-se demasiado depressa.

Sintomas de Pressão Baixa na Gravidez

Sintomas de pressão baixa

  • Sensação de fraqueza;
  • Visão turva ou desfocada;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • Sono;
  • Desmaio.

O que fazer para evitar a pressão baixa na gravidez ?

Se sentir algum dos sintomas anteriores, deite-se numa posição confortável e eleve as pernas para ajudar a normalizar o fluxo sanguíneo;

Caso esteja na rua, pare, sente-se e coloque as pernas no meio dos joelhos, peça ajuda e mantenha-se nessa posição até se sentir bem;

Evite andar na rua com demasiado calor, deve ainda evitar ambientes quentes e húmidos;

Mantenha-se hidratada, beba bastante água ao longo do dia, uma grávida deve beber pelo menos 2 litros de água por dia, a água deve ser bebida ao longo do dia e em pequenas quantidades, também pode optar por sucos de fruta naturais;

Evite bebidas como álcool, refrigerantes e café;

Coma de 3 em 3 horas, evite longos períodos de jejum;

Se tiver autorização do seu médico faça caminhadas de manhã ou ao fim do dia, o exercício físico ajuda a uma melhor circulação do sangue.

Deve consultar sempre o seu médico assistente para que ele a oriente da melhor forma.