Parto de Cócoras

Neste artigo iremos abordar o parto de cócoras: como se realiza, quais as suas vantagens, e ainda, as contraindicações.

O momento do nascimento do filho é das experiências mais importantes que uma mulher sentirá em toda a sua vida. É um misto de dor e alegria, que marca a saída do bebé do útero da mãe.

A escolha do tipo de parto pode ter influência na rapidez e na dor que a mãe sente nesse momento.

Como se realiza o parto de cócoras

parto-cocoras

O parto de cócoras realiza-se da mesma forma como o parto natural, mas em vez de a grávida ficar na posição normal, deitada com as pernas fletidas, ela tem o parto de cócoras.

Esta posição ajuda a alargar mais a pelve, que resulta num maior relaxamento dos músculos dessa zona.

Dessa forma, a posição de cócoras no parto facilita a saída do bebé.

Vantagens do parto de cócoras

Como explicamos em cima, o parto de cócoras permite que a pelve se alargue mais que noutras posições, o que resulta em vários benefícios para a mãe e para o bebé no momento do parto. De seguida conheça todas as vantagens do parto de cócoras.

– Maior alargamento da pelve, facilitando a saída do bebé;
– Parto mais rápido;
– Parto menos doloroso;
– Aproveitamento mais eficaz da força que a mãe faz no parto;
– Maior facilidade de movimento por parte da mãe, já que não tem que estar deitada;
– Parto menos traumático para o períneo;
– Circulação sanguínea superior aos dos outros partos, o que ajuda nas contrações e na saúde do bebé;

Contraindicações do parto de cócoras

Apesar deste tipo de parto ser um dos mais vantajosos para a mãe e para o bebé, ele não é indicado para todas as grávidas.

Existem situações de risco relacionados com a mãe e com o bebé, onde o parto natural não é indicado, tal como uma gravidez de risco, um bebé demasiado grande, um bebé que não esteja na posição correta para nascer, ou quando a mãe não consegue atingir a dilatação necessária para o parto. Nestes casos, o parto de cócoras é contraindicado.

Parto de cócoras: sim ou não?

O parto de cócoras é uma excelente alternativa às outras formas de parto, tendo várias e importantes vantagens.

No entanto, é essencial que a grávida seja saudável e tenha uma forma física que lhe permita manter-se na posição de cócoras durante algum tempo e com alguma flexibilidade.

Se escolher este tipo de parto, pode ainda fazer epidural.

Compartilhar ;)

Parto de Cócoras