Diabetes na Gravidez

Quando uma mulher fica grávida ela precisa visitar um médico regularmente para diagnosticar problemas com ela e o feto e curar possíveis doenças que podem surgir nos nove meses de gestação, como a diabetes gestacional.

O que são Diabetes gestacional?

O diabetes gestacional, ou seja, o diabetes na gravidez é uma doença que acontece por causa da hiperglicemia, aumento dos níveis de glicose no sangue, que é diagnosticado pela primeira vez durante a gravidez. Essa doença acontece em cerca de 4% de todas as mulheres grávidas.

Em geral, o diabetes gestacional se cura depois do parto, no entanto, as mulheres que acabaram de dar a luz podem contrair o diabetes tipo 2. Dessa maneira é essencial manter os cuidados e acompanhamento médico mesmo depois do nascimento do bebê.

Causas do diabetes gestacional

Não se sabe ao certo o que causa o diabetes gestacional, o que todos sabem é que o diabetes comum ocorre quando o pâncreas se torna incapaz de produzir insulina suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque o hormônio não está funcionando do jeito certo.

Durante a gravidez, a placenta, que liga o bebê ao suprimento de sangue da mãe, produz níveis altos de muitos hormônios. Quase todos esses hormônios prejudicam a ação da insulina nas células, aumentando o nível de açúcar no sangue, por isso, um aumento leve de açúcar no sangue depois das refeições é normal no período da gravidez.

Quanto mais o bebê cresce, a placenta produz ainda mais hormônios que bloqueiam a insulina. No diabetes gestacional, os hormônios da placenta provocam um aumento do açúcar no sangue em um nível que pode até prejudicar o bem-estar e crescimento do bebê. O diabetes gestacional costuma se desenvolver durante a segunda metade da gravidez.

Fatores de risco do diabetes gestacional

  • Idade acima de 25 anos;
  • Pessoas com diabetes na família;
  • Diabetes gestacional anterior;
  • Bebês de gestações anteriores que nasceram com mais de 4 kg;
  • Gestações anteriores com bebê natimorto inexplicável;
  • Tolerância à glicose diminuída ou glicemia de jejum alterada;
  • Aumento do líquido amniótico;
  • Excesso de peso antes da gravidez;
  • Ganho excessivo de peso na gravidez;
  • Raças asiática, indígena, hispânica e negra.

Sintomas do diabetes gestacional

No diabetes gestacional surgem alguns sintomas que podem parecer coisas comuns como: visão turva, aumento da fome, aumento da micção e aumento da sede. Esses sintomas já são comuns na gravidez, por isso é importante realizar todos os exames para ter certeza que não é o diabetes.

Exames para diagnosticar o diabetes gestacional

Os exames para diagnosticar essa doença, são: testes de açúcar no sangue, monitorização cardíaca fetal, durante o trabalho de parto a mãe e o bebê serão monitorados, hemoglobina glicada, monitoramento dos batimentos cardíacos do bebê e ultrassom fetal.

Tratamento do diabetes gestacional

Para tratar o diabetes gestacional é preciso mudar o estilo de vida, como ter uma alimentação saudável e praticar exercícios físicos leves.