Baixa por Gravidez de Risco

Os obstetras costumam dizer que gravidez não é doença. E é verdade. Com as devidas adaptações, uma grávida deve continuar a fazer a sua vida normal, mas claro, tendo em conta que há coisas que não pode fazer e lembrando-se que tem um bebé dentro de si.

No entanto, nem sempre a gravidez corre na perfeição. Por vezes, devido a certas condições, a gravidez torna-se de risco para a mãe e para o bebé. Nestes casos, o médico acompanhante passa uma baixa por gravidez de risco à futura mãe, para que ela possa ficar em casa e ter o descanso necessário para o sucesso da gravidez.

Neste artigo iremos explicar como funciona a baixa por gravidez de risco, tanto em Portugal, como no Brasil.

Continuar a Ler...

Compartilhar ;)

Baixa por Gravidez de Risco